NewsFundação

Prêmio Herbert Holetz possibilita a realização de cursos voltados para área de conservação de acervos.

Publicado em 06 Fev, 2019

Através do patrocínio concedido pelo Fundo Municipal de Cultura de Blumenau, via Edital 005/2017 do Prêmio Herbert Holetz a Fundação Hering, a realizadora Fernanda Sasse juntamente com a Fundação Educacional Barriga Verde - FEBAVE são parceiras na realização de mais um incrível projeto, que possibilitará instituições museais o aprendizado!

O projeto premiado “Capacitações de conservação de acervos documentais, têxteis e fotográficos”, irá realizar oficinas técnicas, vivências práticas e visitas guiadas à acervos da região. A proposta de cada um dos encontros é compartilhar saberes e conhecimentos, aliando teoria e prática, possibilitando de forma simultânea o diálogo entre os profissionais, estudantes e público geral interessado.

O professor Idemar Ghizzo (FEBAVE) irá fornecer três módulos específicos de conservação preventiva voltada para acervos têxteis, acervos documentais e fotográficos; e assim contribuir para a profissionalização e difusão de técnicas para o trabalho de profissionais dos museus do Vale do Itajaí. As aulas práticas e teóricas serão ministradas no laboratório de conservação, anexo ao Centro de Memória Ingo Hering. O valor de R$ 27.500 será utilizado para compra de material didático, contratação de profissionais e elaboração de material didático. Ao todo serão realizados três módulos durante os meses de março, abril e maio de 2019. 

Para as instituições museológicas que têm como missão salvaguardar documentos históricos e contemporâneos, a conservação preventiva é uma etapa de trabalho crucial e cotidiana. O tema torna-se ainda mais relevante, levando-se em consideração a geografia e clima da região, marcado por picos de umidade que podem prejudicar os acervos nos museus da região. 

“Os primeiros passos em direção à concretização deste projeto, se deram da necessidade de formação específica na área de conservação preventiva, constatada em conversas com profissionais liberais e equipes de museus, arquivos, bibliotecas e centros de memórias de Blumenau e região” comenta Fernanda. 

Acreditamos que inciativas como o prêmio Hebert Holetz estimulam a produção do conhecimento científico da região, pois incentivam a melhor preservação de documentos com inestimável valor histórico; e em longo prazo, a ação beneficiará a própria população da cidade de Blumenau, que tem sua história representada nos acervos salvaguardados por museus, arquivos e demais espaços de memória. 

O material didático que apresentamos é resultado da bagagem profissional da nossa equipe. Apresenta conceitos chaves e referências bibliográficas que poderão ser consultadas para ampliar ainda mais a vivencia dos participantes da área de conservação de acervos. Será, portanto, um apoio para as aulas ministradas no laboratório de conservação, cedido pela Fundação Hermann Hering. 

Prêmio Herbert Holetz entregou um total de R$ 530.750 à 166 diferentes ações culturais, que devem atender cerca de 13 mil pessoas. A assinatura dos contratos ocorreu no dia 08 de novembro, no Salão Nobre da Prefeitura de Blumenau.

_______________________ 


SERVIÇO:

Prêmio Herbert Holetz

Valor da premiação: 27,5 mil reais 

Iniciativa premiada: Capacitações de conservação de acervos documentais, têxteis e fotográficos

Data da premiação: 07/11/2018

Execução do projeto: novembro de 2018 a dezembro 2019

Fundação Hermann Hering Museu Hering Centro de Memória